APDA PROMOVEU DEBATE SOBRE “CONTROLO DA QUALIDADE DA ÁGUA PARA CONSUMO HUMANO”

09/06/2005
O controlo da qualidade da água para consumo humano foi o mote para um debate que a APDA organizou no passado dia 14 de Abril, no Grande Auditório do Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC). O debate teve uma grande adesão (cerca de 115 participantes) por parte de entidades oficiais, entidades gestoras de sistemas de abastecimento de água e laboratórios que realizam o controlo da qualidade da água, revelando o interesse que este tema suscita a nível nacional. Este debate foi moderado pelo Eng.º Francisco Jerónimo (Vice-Presidente do CD da APDA), e teve como oradores a Eng.ª Maria João Benoliel (Coordenadora da Comissão Especializada de Qualidade da Água da APDA), que fez uma introdução à problemática, o Eng.º Paulo Tavares (Instituto Português de Acreditação), o Eng.º Milheiras Costa (IRAR), a Dra. Isabel Mateus (Comissão Especializada de Qualidade da Água da APDA/SMAS de Loures) e a Dra. Fátima Coimbra (Comissão Especializada de Qualidade da Água da APDA/Águas de Coimbra). Esta iniciativa permitiu a troca de experiências decorrentes da aplicação da legislação em vigor, sendo assinaladas as dificuldades encontradas pelas entidades intervenientes no processo. Destaca-se a informação dada pelo IRAR (Instituto Regulador de Águas e Resíduos) sobre a intenção de se efectuar a revisão do Decreto-lei nº 243/2001, visto que não é previsível a revisão a curto prazo, da Directiva 98/83/CE.