ÁGUAS DO RIBATEJO ALERTA PARA FALSOS “PURIFICADORES” DE ÁGUA

06/02/2012

A Águas do Ribatejo tomou conhecimento que várias empresas que comercializam sistemas, alegadamente, “purificadores” de água para instalação em torneiras domésticas, estão a promover campanhas agressivas de marketing com recurso a argumentos falsos e alarmistas. Aquela empresa informa que as campanhas – que decorrem agora com maior incidência no concelho de Torres Novas – recorrem a dados falsos sobre a qualidade da água que abastece os cerca de 50 mil habitantes do concelho. Segundo relatos chegados à empresa provenientes de clientes, utentes e autarcas, essas empresas alegam que a água fornecida na região é de má qualidade e sugerem fazer demonstrações nos domicílios dos utentes contactados. Nessas demonstrações são usados reagentes que alteram a tonalidade, o sabor e outras características da água, convencendo desde modo que pode estar em risco a saúde dos consumidores.

Esta empresa vem assim corroborar uma posição oportunamente reafirmada pela APDA e pela ERSAR quanto à utilização deste tipo de “purificadores da água”. Em nota de imprensa a Águas do Ribatejo assegura que “a água distribuída nos sete municípios onde serve mais de 150 mil pessoas é obrigatoriamente controlada por análises rigorosas.” Na mesma nota lê-se ainda que “em 2011, foram realizadas cerca de 8500 análises à água e o nível de não conformidades foi na ordem de um por cento. Todas as situações de anomalias registadas, que foram reportadas à Autoridade de Saúde, foram corrigidas sem que se verificasse qualquer risco para a saúde pública.”

Fonte: Águas do Ribatejo