“A ÁGUA NO AZULEJO PORTUGUÊS DO SÉCULO XVIII” EM EXPOSIÇÃO ATÉ JUNHO

15/04/2015

Estará patente ao público no Museu da Água (Mãe d'Água das Amoreiras, Praça das Amoreiras, n.º 10, em Lisboa), até ao próximo dia 30 de junho de 2014 – de terça-feira a sábado no horário entre as 10h00 e as 12h30 e entre as 13h30 e as 17h30 – a exposição “A Água no Azulejo Português do Século XVIII”.

Trata-se de uma iniciativa inédita da EPAL, em conjunto com a Direção Geral do Património Cultural e o Museu Nacional do Azulejo, que apresenta ao público diversos painéis de azulejo sobre a temática da água onde se incluem peças que estão expostas pela primeira vez.

De acordo com os seus organizadores, “esta exposição procura refletir sobre a representação da água no azulejo português setecentista. Os painéis apresentados, alguns deles inéditos, refletem a visão da água nas diversas vertentes da cultura, da religião à mitologia; do quotidiano à imagem real de uma cidade, Lisboa.”

Fonte: Empresa Portuguesa das Águas Livres, SA/ Museu Nacional do Azulejo