PAÍSES LUSÓFONOS ASSINARAM DECLARAÇÃO DO PORTO

19/05/2015

Representantes de sete países lusófonos (Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Portugal, São Tomé e Príncipe, Moçambique e Timor-Leste) assinaram uma Declaração de Princípios conjunta, apresentada no passado dia 8 de maio de 2015, na sessão de encerramento da Conferência “Água para o Desenvolvimento – Pontes e Parcerias nos Países de Língua Portuguesa”, que teve lugar no Porto. 

Estes países propõem-se “colocar o acesso à água e ao saneamento nas agendas políticas de cada um dos países no contexto da agenda de desenvolvimento pós-2015” e “reconhecer a importância da disponibilização dos serviços de abastecimento de água e de saneamento com uma qualidade aceitável e a um preço economicamente acessível”. 

A Declaração, constituída por 11 princípios, afirma-se como um “contributo para o lançamento das bases de uma agenda conjunta dos membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) tendo em vista a prossecução dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável”. 

Para consultar a Declaração do Porto clique aqui.

Fonte: Parceria Portuguesa para a Água (PPA)