ACQUAWISE CONSULTING APRESENTA PROJETO COLABORATIVO SOBRE PSS

14/10/2015

A Acquawise Consulting, em parceria com a Associação Portuguesa de Distribuição e Drenagem de Águas (APDA), irá promover a primeira edição do Projeto Colaborativo Planeamento da Segurança do Saneamento, a realizar em 2016.

As entidades responsáveis pela drenagem e tratamento de águas residuais urbanas têm de cumprir com a Diretiva das Águas Residuais Urbanas (DARU). Em 2014, a Comissão Europeia decidiu levar Portugal ao Tribunal de Justiça Europeu por “aplicação incorreta da Diretiva das Águas Residuais Urbanas”, tendo Bruxelas solicitado uma coima de 4,4 milhões de euros para o Estado português, acrescida de uma multa diária de 20.196 euros.
 
Há ainda a acrescentar a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, que estabelece objetivos e metas para todos os 193 Estados-membros das Nações Unidas, entre os quais o Objetivo 6 de Desenvolvimento Sustentável (ODS) que reforça a necessidade de assegurar o acesso universal a serviços de água e saneamento melhorados e seguros.
 
Para fazer face a estes desafios, as entidades têm de encontrar as soluções mais adequadas. O Planeamento da Segurança do Saneamento desempenha um papel muito importante na prossecução destes objetivos e do cumprimento da DARU, pois visa melhorar os serviços de saneamento de águas residuais urbanas e promover o uso e eliminação segura dos subprodutos do saneamento, salvaguardando a saúde humana e assegurando a proteção do meio ambiente.
 
À semelhança do Projeto Colaborativo Plano de Segurança da Água, promovido em 2015 pela Acquawise, esta iniciativa também apresenta um formato colaborativo, em que as entidades participantes realizam elas próprias o trabalho de Planeamento da Segurança do Saneamento, mediante uma programação comum, com a coordenação, a formação e o apoio técnico da Acquawise.
 
Este formato permite uma partilha de experiências com as outras entidades participantes, e um controlo de calendário rigoroso, fazendo com que as entidades participantes consigam um ritmo de trabalho eficaz e terminar o projeto no prazo previamente estipulado.
 
A metodologia a utilizar será a recomendada no manual da Organização Mundial de Saúde (OMS), recentemente publicado e em que a Acquawise esteve ativamente envolvida na revisão técnica.
 
As entidades interessadas em participar nesta iniciativa deverão proceder da seguinte forma:
 
1. Manifestação de interesse de participação a enviar por correio eletrónico para veronica.amado@acquawise.pt ou info@acquawise.pt) até 15 de novembro de 2015;
2. Envio de proposta pormenorizada pela Acquawise até 30 de novembro de 2015;
3. Formalização de participação até 15 de dezembro de 2015.
 
Para mais informações sobre este Projeto Colaborativo clique aqui.
 
Fonte: Acquawise Consulting