"OPERAÇÃO ALMONDA” PROMOVE COMBATE A DESCARGAS ILEGAIS

06/11/2015
Todos juntos no combate aos agentes poluidores do rio Almonda. Ministério do Ambiente, GNR, Município de Torres Novas e Águas do Ribatejo sentaram-se à mesma mesa no passado dia 29 de outubro de 2015 para fazer o ponto de situação e delinear novas ações na continuidade do processo de deteção, denúncia e punição nos causadores dos focos de poluição da Bacia do Almonda e da Zona de Proteção do Paul do Boquilobo.
 
Segundo a empresa Águas do Ribatejo “as ações de inspeção em curso visam identificar as fontes de poluição que tanto têm degradado a qualidade do rio. As autoridades têm contado com o apoio de cidadãos empenhados que integram o Movimento “Vamos Salvar o Almonda” que tem desenvolvido ações de vigilância, fiscalização e de limpeza dos cursos de água num trabalho considerado meritório por todas as entidades envolvidas.”
 
Neste momento estão em curso vários autos de contra-ordenação e já existiram empresas condenadas ao pagamento de avultadas coimas por “infrações graves”. As várias entidades acordaram continuar unidas no combate às descargas ilegais e colaborarem na sensibilização das empresas para criarem condições para tratarem os seus efluentes industriais em sistemas próprios ou nas novas ETAR, desde que, com o pré-tratamento adequado e a devida autorização da entidade gestora, a Águas do Ribatejo.
 
Fonte: Águas do Ribatejo, EM, SA