ÁGUAS PÚBLICAS DO ALENTEJO INVESTE NO SANEAMENTO DAS ÁGUAS RESIDUAIS

14/01/2016

A partir do momento em que iniciou a sua atividade, em julho de 2010, a empresa Águas Públicas do Alentejo – membro efetivo da Associação Portuguesa de Distribuição e Drenagem de Águas (APDA) – tem dado particular ênfase aos investimentos na área do saneamento de águas residuais.

A empresa já investiu cerca de 30 milhões de euros, com financiamento do POVT, o que veio permitir aumentar os níveis de atendimento na área do saneamento de águas residuais na região, bem como melhorar o cumprimento dos parâmetros de descarga (49% em 2012, 64% em 2014 e acima dos 70% em 2015) com impacto positivo na qualidade da água no meio hídrico recetor.

Por via deste investimento, foi igualmente possível adequar o tratamento em 18 Estações de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) que se encontravam em contencioso comunitário por incumprimento da Diretiva das Águas Residuais Urbanas. São exemplos a ETAR de Mértola, cuja descarga ocorre no rio Guadiana, a ETAR de Vila Nova de Milfontes, com descarga dos efluentes tratados no mar, e a ETAR de Alcácer do Sal, que tem contribuído para a melhoria da qualidade da água do rio Sado.

Até 2020, a Águas Públicas do Alentejo pretende dar continuidade ao plano de investimentos na área do saneamento de águas residuais, prevendo investir um montante de cerca de 34,8 milhões de euros em vários municípios da região.

Fonte: Águas de Portugal, SA/ Águas Públicas do Alentejo, SA