PLATAFORMA DA QUERCUS PARA DENÚNCIA DE AMEAÇAS À QUALIDADE DA ÁGUA

21/01/2016

A associação ambientalista Quercus lançou a plataforma interativa online dQa que permite “a qualquer cidadão denunciar situações que podem ameaçar a qualidade da água, informação que pode dar origem a fiscalização das autoridades”.

Esta plataforma “destina-se a receber informação dos cidadãos acerca de situações que possam degradar a qualidade da água”, disse à Agência Lusa Carla Graça, coordenadora do projeto dQa – Cidadania Para o Acompanhamento das Políticas Públicas da Água, desenvolvido pela Quercus ao longo dos últimos dois anos.

A plataforma é uma das iniciativas do projeto dQa, desenvolvido pela Quercus ao longo dos últimos dois anos, e que constituiu uma colaboração entre Organizações Não Governamentais, entidades públicas e cidadãos para concertar esforços na melhoria e salvaguarda da qualidade dos recursos hídricos. O cidadão pode registar-se na plataforma, em funcionamento, e assinalar no mapa de Portugal o ponto crítico para a água, descrevendo a situação.

Carla Graça sublinhou a disponibilidade da Agência Portuguesa do Ambiente (APA) para consultar e tratar as informações que chegam à plataforma, e averiguar a ameaça. Através da figura aQQua – Activista Quercus pela Qualidade da Água, a Quercus envolveu ainda mais de 30 voluntários para a monitorização e vigilância de cursos de água, com ações de formação.

No dia 21 de janeiro de 2016 são apresentados publicamente os resultados do projeto, numa parceria com a APA, a Entidade Reguladora dos Serviços de Água e Resíduos (ERSAR) e com o apoio do Programa Cidadania Ativa, financiado pelos EEA Grants (Noruega, Islândia e Liechtenstein).

Para saber mais sobre esta plataforma clique aqui

Fonte: Diário Digital/ Lusa