RIACHO DO REGO RECUPERADO COM NOVA PRAÇA DE ESPANHA

31/01/2019

“Os caminhos da água”, do atelier NPK - Arquitectos Paisagistas Associados, é a proposta vencedora do concurso internacional promovido pela Câmara Municipal de Lisboa para requalificar a Praça de Espanha. Segundo a Time Out, a obra arranca ainda este ano e tem conclusão prevista para 2020.  

 

No âmbito da revitalização de uma das zonas mais congestionadas da cidade, está a recuperação do riacho do Rego. Para além da reposição do curso natural da água, vai ser construída uma bacia de retenção de águas com efeito de drenagem, de forma a evitar as cheias que afetam frequentemente aquela área. De acordo com o projeto, divulgado pela Time Out, a intervenção ambiciona “uma atmosfera mais limpa, jardins mais fáceis de sustentar, uma cidade mais fresca, mais resiliente às alterações climáticas, uma cidade mais bonita”.

Ao transformar-se num grande espaço verde, maior do que o Jardim da Estrela, a Praça de Espanha vai dar continuidade à Avenida Duque de Ávila e, principalmente, ao Jardim da Gulbenkian, que vai ter uma ponte pedonal para fazer a ligação ao centro da praça

O projeto, que pretende criar “uma nova unidade urbana, capaz de gerar coesão no espaço público desconexo e novas continuidades entre os bairros”, prevê, numa fase posterior, integrar “todo o logradouro da Rua Eduardo Malta, qualificando todo o quarteirão e aproximando o parque a Monsanto”.

Para o futuro parque urbano na Praça de Espanha, a proposta do NPK esteve a concurso com outras oito finalistas.

 




design bin�rio