PLÁSTICOS NOS RIOS: ACUMULAÇÃO VAI POLUIR DURANTE DÉCADAS

11/04/2019

Mesmo que o mundo deixasse de produzir plásticos hoje, os que já estão acumulados nos rios vão continuar a poluir durante décadas ou mesmo séculos. A conclusão é de um estudo liderado pela Universidade de Birmingham, no Reino Unido, que visa colmatar a falta de informação que existe sobre o percurso daquele material até ao mar.

O projeto “100 Rios de Plástico” junta cientistas em mais de 60 locais do mundo que recolhem amostras de água e sedimentos nos rios para tentar perceber como é que os plásticos são transportados, transformados e se acumulam nos sedimentos, criando um legado poluente de longa duração.

Segundo os investigadores, apesar de cada vez mais haver mais consciencialização deste problema nos oceanos, só agora se está a começar a olhar para de onde esses plásticos vêm e como é que eles se estão a acumular nos sistemas fluviais. Além disso, há uma variedade muito maior deste tipo de material do que era previsível, mesmo em países relativamente bem regulados em termos ambientais.

Os primeiros resultados do projeto vão ser apresentados na Assembleia Geral da União Europeia de Geociências, que decorre em Viena, na Áustria, até amanhã, 12 abril. 




Design Binário