ÁGUAS DO ALTO MINHO GERIDAS EM PARCERIA PÚBLICA

22/07/2019

A gestão dos sistemas de águas dos municípios de Arcos de Valdevez, Caminha, Paredes de Coura, Ponte de Lima, Valença, Viana do Castelo e Vila Nova de Cerveira foi atribuída à Águas do Alto Minho, a nova empresa constituída pelo Grupo Águas de Portugal e as sete autarquias.

O contrato foi hoje assinado em Viana do Castelo, numa sessão com o Ministro do Ambiente e da Transição Energética e as referidas autarquias. 

Na sessão, que decorreu na Biblioteca Municipal de Viana do Castelo, foi apresentado o novo sistema integrado de gestão de águas do Alto Minho, constituído por parceria pública-pública entre o Estado e as Autarquias e tendo por objetivo melhorar a qualidade e sustentabilidade dos serviços de abastecimento de água e saneamento de águas residuais na região através do reforço do investimento e da ampliação de captação de fundos comunitários.

Esta parceria atribui à Águas do Alto Minho a exploração e gestão do sistema integrado de abastecimento de água e de saneamento abrangendo 5 400 km de rede e servindo cerca de 100 mil clientes, que correspondem a uma população residente de 204 mil habitantes nos sete municípios abrangidos.

Enfrentar as alterações climáticas, melhorar a qualidade de serviço e manter a proximidade, apostando no desenvolvimento das equipas e no desempenho operacional do sistema são objetivos da nova empresa que tem como metas reduzir as perdas de água e dar pleno cumprimento das licenças de descarga.

A parceira 100% pública para a gestão da água no Alto Minho resultou de um processo de concertação e definição conjunta de uma política intermunicipal de abastecimento de água e saneamento de águas residuais entre estes municípios do Alto Minho para aumentar a eficiência dos sistemas e melhorando a qualidade das massas de água e as condições de saúde pública das populações da região.

A AdAM - Águas do Alto Minho, S.A. é uma sociedade anónima de capitais públicos, sendo detida pela AdP – Águas de Portugal, S.A. e os municípios de Arcos de Valdevez, Caminha, Paredes de Coura, Ponte de Lima, Valença, Viana do Castelo e Vila Nova de Cerveira. 

O investimento previsto efetuar pela empresa é de 270 milhões de euros, para o período horizonte do projeto (30 anos).

Com a assinatura do contrato de gestão, inicia-se a fase de instalação da Águas do Alto Minho e de organização das respetivas equipas operacionais, estando previsto que o novo serviço esteja plenamente operacional até ao final de 2019. 




Design Binário