CONSTRUÇÃO DA ETAR DA COMPORTA VAI AVANÇAR

30/01/2020

A Águas Públicas do Alentejo já assinou o contrato da empreitada de conceção e construção da futura Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) da Comporta, no concelho de Alcácer do Sal. Para além de servir a população local e garantir o adequado tratamento dos efluentes urbanos, a infraestrutura visa a preservação do ecossistema estuarino do Rio Sado, zona sensível e classificada como Reserva Natural.

O prazo de construção é de 740 dias, estando a cargo do consórcio Domingos da Silva Teixeira, S.A. / DTE, Instalações Especiais, S.A.

A ETAR está dimensionada para tratar as águas residuais de uma população de cerca de 2500 habitantes-equivalentes em época alta e 589 habitantes-equivalentes em época baixa. Contempla um sistema de tratamento tecnologicamente avançado e representa um investimento de 1,9 milhões de euros, sendo o valor cofinanciado pela União Europeia através do POSEUR - Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso dos Recursos.

Entretanto, está em curso a construção do Sistema Intercetor e Tratamento de Águas Residuais da Comporta, que vai conduzir os efluentes gerados até à nova infraestrutura.