ÁGUAS DE COIMBRA AUMENTA SETORIZAÇÃO DA REDE PARA CONTROLAR PERDAS

07/07/2020

Com a conclusão da instalação de mais 27 caudalímetros na rede de água, a Águas de Coimbra aumenta para 128 o número de Zonas de Medição e Controlo (ZMC), permitindo à empresa municipal melhorar o controlo dos sistemas, detetando com maior precisão as roturas e perdas que possam ocorrer.

A empreitada exigiu um investimento de cerca de 220 mil euros, tendo sido comparticipada pelo Fundo de Coesão da União Europeia, através do Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos - POSEUR.

Ao possibilitar uma atuação mais eficaz sobre os problemas que afetam as infraestruturas, a setorização da rede está incluída na estratégia das Águas de Coimbra, uma vez que o nível de perdas de qualquer Entidade Gestora traduz-se em problemas de índole económico-financeira, ambiental e de fiabilidade no abastecimento de água aos clientes.

A empresa municipal tem adotado, nos últimos anos, uma política de monitorização do sistema de distribuição, recorrendo a novos métodos de gestão, apoiados pela mais recente tecnologia, conseguindo, desta forma, alcançar um maior controlo dos caudais e da pressão na rede.

Ainda no âmbito do controlo de perdas, a Águas de Coimbra sublinha o valioso contributo que as equipas de campo têm dado, através dos resultados do trabalho de sondagem dos sistemas.