ÁGUAS DO RIBATEJO INVESTE MEIO MILHÃO DE EUROS NO COMBATE ÀS PERDAS DE ÁGUA

29/07/2020

Até ao final de 2020, a Águas do Ribatejo vai ter 100 Zonas de Medição e Controlo (ZMC). O investimento é superior a meio milhão de euros, a que se junta o custo das substituições e reabilitações de captações, reservatórios, estações elevatórias e redes mais antigas e debilitadas.

As ZMC estão associadas ao sistema de telegestão que permite acesso à informação real sobre o estado dos reservatórios e da quantidade de água armazenada. Através de tecnologias que enviam informação remotamente, os operadores e técnicos da Águas do Ribatejo recebem alertas automáticos para as perdas de água, seja por rotura ou utilização anómala, e consequentes reduções dos volumes de água armazenada.

Desta forma, as equipas de deteção de fugas conseguem atuar de imediato, localizando os locais de perdas antes destas se tornarem visíveis na via pública, bem como reduzindo significativamente o desperdício de água e o consequente efluente a encaminhar para as ETAR.

Atualmente com 55 ZMC, a Águas do Ribatejo pretende que, no final de 2024, existam 132 ZMC no universo dos sete municípios que serve: Almeirim, Alpiarça, Benavente, Chamusca, Coruche, Salvaterra de Magos e Torres Novas.