ÁGUAS DO NORTE VAI INSTALAR NOVO SISTEMA DE TELEGESTÃO NAS REDES MUNICIPAIS

24/08/2020

A Águas do Norte adjudicou a instalação de um novo sistema de telegestão para o abastecimento de água nas suas Redes Municipais. Com este investimento pretende-se, entre outras coisas, contribuir para a redução de perdas de água, para um aumento da eficiência das suas operações e para a otimização dos processos e rotinas operacionais. O objetivo último é a melhoria do serviço à população servida pelo Sistema de Águas da Região do Noroeste. 

A 1ª fase do projeto abrangerá os municípios de Amarante, Baião, Celorico de Basto, Arouca e Cinfães, compreendendo grande parte das infraestruturas de armazenamento e bombagem integradas nas redes de abastecimento de água em “baixa”. O projeto terá nesta fase inicial um custo de 197.914,55 €, cofinanciado no âmbito do POSEUR no valor de 78.671,00€, e com um prazo de execução de 12 meses. 
 
O sistema de telegestão inclui um centro de supervisão e controlo, que vai detetar “em tempo real” as anomalias de estado através da alarmística associada ao comportamento das instalações (mínimos de alarme dos reservatórios, avarias de bombas etc). Com esta ferramenta, a tomada de decisão ao nível da gestão operacional será baseada em dados que refletem o estado do sistema em cada momento, anulando-se deste modo a necessidade de verificação in loco a que obriga um sistema sem este tipo de tecnologia. 
 
Está também garantida a mobilidade de informação às equipas no terreno, o que contribui para um aumento da eficiência das rotinas operacionais e, principalmente, implica um acréscimo significativo do foco em tarefas de outra natureza com a redução da dispersão associada ao desconhecimento do estado dos sistemas. 
 
Esta é uma aposta estrutural e de futuro, assente na premissa de um investimento inteligente, que levará a consumar o fundamental salto tecnológico nas Redes Municipais de abastecimento de água em “baixa” geridas pela Águas do Norte. 
 
Trata-se de mais um passo de uma estratégia que a Águas do Norte tem vindo a seguir, de modernização tecnológica, com um plano de investimentos certo e criterioso, garantindo aos seus clientes uma rede de abastecimento de água melhor em termos económicos, ambientais e de eficiência do serviço nos próximos anos.