RUI GODINHO: POLÍTICAS PÚBLICAS PARA APLICAÇÃO DOS FUNDOS EUROPEUS

20/01/2021

Todas as edições da Revista APDA têm um espaço reservado para o Conselho Diretivo expressar opinião sobre determinado tema. A edição 19 não é exceção e, sendo dedicada à “Recuperação”, Rui Godinho, Presidente, reflete sobre as Políticas Públicas para aplicação dos Fundos Europeus.

Tendo em conta o leque de planos, programas e outras fontes de financiamento direcionados para Portugal, bem como para outros Estados Membros, Rui Godinho ressalva a necessidade de definir e estruturar metas e objetivos, a nível nacional, para o sucesso da aplicação destes apoios. E para tal será fundamental assentar a estratégia em vertentes como a Dimensão Social, Inovação, Transformação Digital e Qualificações, Transição Climática e Sustentabilidade, bem como o Alargamento da Rede de Infraestruturas.

Mas a correta condução dos fundos também implica uma responsabilização e envolvimento de todos os decisores portugueses, políticos e privados, sendo fundamental a clareza das respetivas aplicações e a sequente transparência para a sociedade.

Descrevendo como desafios a fragilidade dos recursos humanos e a redução do investimento público, que enfraqueceram a economia, Rui Godinho elege pilares fundamentais para um Portugal promissor, mas que terá de delinear minuciosamente os passos a dar, designadamente no setor da água, onde fica o pensamento se esse trabalho já iniciou.

Uma coisa é certa: a APDA tem contribuído dentro do possível para as políticas e planos, sempre em prol da boa governança e resiliência do setor da água e do saneamento.

Leia aqui o artigo na íntegra (a partir da página 9).