ETAR DE VILA REAL DE ST.º ANTÓNIO: LANÇADO CONCURSO PARA CENTRAL DE SECAGEM SOLAR DE LAMAS

29/01/2021

A Águas do Algarve lançou um concurso público que visa a conceção/construção de uma Central de Secagem Solar de Lamas na ETAR de Vila Real de St.º António O objetivo é permitir a redução do volume e da quantidade de lamas finais a transportar para valorização e/ou aterro.

De destacar que a nível ambiental a obra apresenta mais-valias, assegurando uma melhor qualidade das lamas produzidas, bem como uma redução do número de transportes necessário para envio das lamas a destino final, com todas os benefícios associados.

As lamas são um produto inevitável resultante do tratamento de águas residuais. A ETAR de Vila Real de St.º António, como resultado do processo de tratamento, produz anualmente cerca de 3 600 toneladas de lamas, sendo que este volume representa um custo anual de cerca de 121 mil euros para envio a destino final com um teor médio de matéria seca de 21%.

Dadas as condições climatéricas da região do Algarve, nomeadamente o elevado número de dias de sol, é favorável a construção de um sistema de secagem solar de lamas que permita obter um índice de sicidade significativamente superior e, consequentemente, obter-se uma redução do volume, peso e custo de envio a destino final das lamas produzidas na ETAR.

A empreitada engloba os seguintes trabalhos: construção de uma estufa para secagem das lamas incluindo sistema de transporte das lamas desidratadas para a estufa, sistema de remoção da estufa e transporte para galera de armazenamento; báscula de pesagem; e integração da instalação no sistema de telegestão de saneamento da Águas do Algarve.

O valor da empreitada, com prazo de execução de 355 dias, é de dois milhões e duzentos mil euros.