COMISSÃO ESPECIALIZADA DE ÁGUAS RESIDUAIS: GESTÃO DE ÁGUAS PLUVIAIS EM MEIO URBANO - PERSPETIVA DAS ENTIDADES GESTORAS

20/05/2021

Pedro Béraud, Pedro Fernandes, Cristina Martinho, Sónia Pinto e Manuela Sobral são, para além de profissionais do setor, elementos da Comissão Especializada de Águas Residuais da APDA, tendo sido nessa condição que se debruçaram sobre a “Gestão de águas pluviais em meio urbano - Perspetiva das Entidades Gestoras” na edição 20 da Revista APDA.

O artigo adjetiva o tema como “um desafio contínuo” segundo as Entidades Gestoras, assinalando as causas que contribuem para a problemática de gerir as águas pluviais, agravadas pelas alterações climáticas e aumento da urbanização, bem como que tem sido feito para a atenuar.

A possibilidade de as águas pluviais virem a ser geridas em conjunto com as residuais pelas Entidades Gestoras é considerada pertinente, mas advertida com a importância de assegurar a sustentabilidade económico-financeira das Entidades Gestoras para poderem abarcar essa responsabilidade.

No caminho para uma gestão sustentável de águas pluviais em meio urbano, são abordados os Sistemas Urbanos de Drenagem Sustentáveis, uma solução com diversos benefícios, mas de difícil concretização pela ainda ausência de legislação, bem como os Sistemas Prediais de Águas Pluviais, como as coberturas verdes, uma solução já utilizada em vários países com mais-valias demonstradas a nível de sustentabilidade.

Entretanto, a gradual “alteração do regime pluviométrico em Portugal” é uma realidade para a qual as Entidades Gestoras têm que se preparar e adaptar a todos os níveis.

Leia o artigo na íntegra aqui (a partir da página 20).