COP25 DECORRE EM MADRID ATÉ 13 DE DEZEMBRO

02/12/2019

Arrancou hoje em Madrid, capital de Espanha, a 25.ª reunião da Organização das Nações Unidas sobre as alterações climáticas, que junta representantes de 195 países para decidir sobre as novas estratégias na luta contra aquele que é o maior problema da humanidade, de acordo com António Guterres, Secretário-Geral da ONU.

Considerada como a última oportunidade para resolver questões relacionadas com o Acordo de Paris, que entra em vigor em 2020, a COP25 pretende que os países apresentem planos de descarbonização mais ambiciosos para estarem prontos no ano que se avizinha. Na agenda estão também o debate sobre os mercados de carbono, os apoios ao Fundo Verde do Clima, o mecanismo de danos e compensações pelos fenómenos climáticos extremos, assim como o apoio aos países menos desenvolvidos para uma transição para um novo modelo energético.

Com um carácter mais técnico, a primeira parte da COP junta milhares de cientistas, empresários, representantes institucionais, organizações não-governamentais e governos de todo o mundo, juntando-se, no final, chefes de estado e de governo para as reuniões mais formais, ministeriais e de tomadas de decisão.

A COP25, que decorre até 13 de dezembro, vai contar também com a presença de Greta Thunberg, que impulsionou as greves climáticas estudantis e que leva a voz dos jovens à cimeira. Mas antes de chegar à capital espanhola, a ativista sueca passa pela portuguesa, onde vai ser recebida pelo presidente da Câmara de Lisboa, estando ainda prevista uma conferência de imprensa no local.




Design Binário