MEMBROS DA APDA ASSINALAM DIA MUNDIAL DO SANEAMENTO

20/11/2020

De forma a assinalar o Dia Mundial do Saneamento para Todos, que se celebrou ontem, 19 de novembro, foram diversas as iniciativas realizadas por membros da APDA. A água e o saneamento básico são direitos humanos, sendo que a privação destes serviços constitui uma ameaça à saúde, à erradicação da pobreza e ao desenvolvimento económico e social. Segundo Organização das Nações Unidas (ONU), há 4,2 mil milhões de pessoas que vivem sem acesso a um sistema de saneamento básico seguro.

Os SMAS de Sintra registaram o dia dois marcos: a pintura de oito sarjetas no âmbito do projeto “O que Cai ao Chão Cai ao Mar” e a entrada em funcionamento ETAR da Godigana. O projeto “O que Cai ao Chão Cai ao Mar” compreendeu a pintura deste slogan nas sarjetas e sumidouros que têm como função a recolha e escoamento das águas pluviais, alertando para os resíduos que são lançados ao chão, como embalagens descartáveis, beatas de cigarro e copos de plástico que, pela sua dimensão e leveza, são direcionados para as sarjetas, as quais estão ligadas a linhas de água, como ribeiras ou rios, que confluem no mar. A mais recente ETAR dos SMAS de Sintra está situada em Godigana, na União de Freguesias de São João das Lampas e Terrugem. O novo equipamento beneficia cerca de 500 habitantes e complementa a instalação da rede de drenagem de águas residuais domésticas em Godigana e Carne Assada, num investimento de mais de 1,7 milhões de euros.

 

O Grupo AdP - Águas de Portugal juntou-se à iniciativa “Joint Statement on the Right to Sanitation”, com a qual se pretende que a Comissão Europeia introduza disposições legais, na revisão da Diretiva do Tratamento Urbano de Águas Residuais, que garantam o melhor acesso possível a serviços de saneamento para todo o Continente Europeu, em consonância com as disposições de direitos humanos. A subscrição desta iniciativa pela Águas de Portugal representa um reforço do respetivo compromisso com as pessoas, com a saúde pública e com o ambiente.

A data também foi assinalada pelas empresas do Grupo AdP, um pouco por todo o país.

Sob o mote “Não deite tudo por água abaixo”, a campanha da Águas do Norte foi divulgada por diferentes canais de comunicação e visou alertar para o facto de lixo como cotonetes, toalhitas, cabelos, máscaras, pensos, entre outros resíduos, não dever ser colocado na sanita.

A Águas do Centro Litoral celebrou na zona ribeirinha do município de Águeda com a recriação de um aquário gigante com elementos alusivos à fauna e flora da região. A pintura visa transmitir a sensação de caminhar dentro de água, integrando-se na parceria com a ABAE na implementação do projeto “O Mar Começa Aqui”, que pretende sensibilizar a comunidade para a preservação da qualidade ambiental.

A Águas da Região de Aveiro assinalou a efeméride com uma campanha regional que destaca a importância do saneamento e da preservação ambiental, sensibilizando para a não colocação de máscaras descartáveis na sanita ou no chão.

A EPAL e a Águas do Vale do Tejo realizaram uma aula de sensibilização a duas turmas do 3.º ciclo de uma escola de Marvão para dar a conhecer mais sobre a atividade de saneamento, mostrando como funciona uma ETAR, bem como clarificar o respetivo papel no ciclo urbano da água e os resíduos que não devem ser deitados no esgoto.

O Museu da Água, da EPAL, em parceria com a Águas do Tejo Atlântico, contou, através de uma sessão em direto na página de Facebook do Museu da Água, como é "A Incrível Viagem do Cocó", uma história que explica aos mais pequenos o que acontece depois de puxarmos o autoclismo.

A Águas do Tejo Atlântico  também tem a decorrer as campanhas “Já se perguntou o que acontece quando carrega neste botão?” e "Para onde não devem ir..." os cabelos, cotonetes, toalhetes, ganchos, pensos, plásticos e outros resíduos, tendo reforçado nesta data a mensagem através de vários canais de comunicação. Paralelamente, e integrada no projeto Eco-Escolas, foi realizada uma sessão de sensibilização por videoconferência, dirigida aos mais novos do município de Vila Franca de Xira, sobre o destino da água usada, o papel da Tejo Atlântico na economia circular e a preservação dos recursos hídricos. Outra iniciativa realizada, em parceria com os SMAS de Torres Vedras, foi a pintura de uma sargeta junto à Escola Secundária Henriques Nogueira pelo graffiter Marcelo Gomes, concluindo os trabalhos de pintura de sargetas, iniciados no Dia Nacional do Mar, no âmbito do projeto “O mar começa aqui” da ABAE.

A SIMARSUL lançou a campanha “Seja um Superamigo. Lixo no Esgoto Não!” na região da Península da Setúbal. O objetivo é alertar para as influências indevidas, mostrando quais as consequências de não separarmos o lixo. Foi igualmente inaugurada uma exposição itinerante no RioSul Shopping, que é composta por 12 planos, suportados por fotografia real, e que contam a história de monstros combatidos por heróis do esgoto. A apresentação da campanha pôde ser acompanhada através de formato digital.

A desenvolver nas redes sociais, durante este mês de novembro, a campanha “Sanita, não é caixote do lixo”, a Águas do Algarve alertou para os perigos do uso incorreto dos “esgotos”, e do que inadvertidamente se coloca na sanita.